.

.
Dálmatas e Chinese Crested Dog

terça-feira, 18 de abril de 2017

CÃO DE CRISTA CHINÊS - NINHADA "k"



Olá amigos. Atendendo a pedidos seguem algumas fotos do primeiro ensaio fotográfico dos bebês da minha anjinha (Angel of Avalon Land) com meu querido Wasabi.

Klaus, Kelvin e Kemp


Kelvin e Kemp

Kelvin e Khallesi 

Kemp 

Kemp

Klaus 

Katniss

Para maiores informações sobre estes e outros filhotes ligue ou passe um zap para (21) 99922 9549
Todos os nossos cães são entregues somente com pedigree, contrato de garantia de saúde, microchipados e vacinados.

domingo, 2 de abril de 2017

BKC DOG SHOW





Ontem nossa menina Ceci (Hl Cecília of Avalon Land) fez sua estréia nas pistas. Fiquei muito feliz de ver minha garotinha comportada desfilando.
Ceci foi 3x melhor da raça e conquistou 2 CACPAB e 1 CACIB
Muito obrigada aos juizes que reconheceram as qualidades da minha menina e dos amigos Cristina  pelas lindas fotos, Daniele Tabosa, Matheus Martins, Fernando Pires, Flavia Schedeler que me incentivaram e me ajudaram ontem na maratona Projac - Lonier rs.
Um especial obrigada a amiga Iana Cristina pelo carinho com meus bebês e pelas lindas fotos!

segunda-feira, 13 de março de 2017

CÃES MERLE - A VERDADE POR TRÁS DE UMA COR



Na tentativa incansável de brincar de Deus, o ser humano  está sempre inventando novos métodos de obter cães exóticos, com diferentes combinações de cores de pelagem. olhos e trufa. A idéia é criar um cão diferente que agrade um público distinto que paga muito para ter um cão original e que acaba sustentando uma fábrica de aberrações.

O Merle é um padrão de pelagem, aceito em algumas raças caninas,que causam um efeito "marmorizado". A pelagem é uma combinação de áreas com coloração normal e áreas despigmentadas ou com coloração diluída de forma irregular.

O gene que ocasiona este tipo de pelagem é conhecido como gene "M" ou "gene merle". Tem origem na mutação de genes pleiomórficos e pode acarretar diversos problemas de saúde. É um gene autossômico de dominância incompleta e por isso há diferença no fenótipo do homozigoto e do heterozigoto.
O gene Merle foi identificado no cromossomo canino 10 (CFA10) e possui 2 alelos "M" e "m"
- "M" - é o alelo responsável pela coloração merle na pelagem (gene dominante)
- "m" - alelo recessivo que acarreta coloração normal.
Deste modo, um indivíduo de coloração normal terá genótipo "mm" e o indivíduo de colaração merle poderá ter genótipo "Mm" (heterozigoto ou single merle) ou "MM" (homozigoto ou double merle).

A homozigose, também chamada de duplo merle  ocasiona uma séria incapacidade de produzir pigmentos, deixando grandes áreas brancas (despigmentadas).Como os pigmentos são  essenciais para o funcionamento normal de algumas partes do corpo, a sua ausência acarreta diversas patologias relacionada especialmente a olhos e ouvidos.
De forma similar,cães homozigotos para o gene piedbold (Sp) tais como o bull terrier, bulldogue francês, boxer e dálmata, também podem apresentar problemas similares aos observados no duplo merle, especialmente a surdez (leia mais em surdez x genética)

Agora vamos começar a complicar um pouco. Existem genes epistáticos que são capazes de inibir o gene merle ou seja o cão poderá ter pelagem normal mas por ser portador do gene merle é capaz de produzir filhotes merle. Este tipo de epistasia é  aparentemente comun nas raças chihuahua e spitz alemão anão.
Cães com o gene merle oculto ao contrário do merle tradicional não apresentam sérios problemas de saúde. O maior problema, do ponto de vista genético, é que estes cães serão registrados como não merles erroneamente.

O gene merle é responsável por ocasionar diversas deformidades oculares, principalmente quando em homozigose (double merle). Isto ocorre pois durante a fase embrionária (no início da gestação ) a origem das células responsáveis pela formação dos olhos  é a mesma daquelas que irão formar os pigmentos. Deste modo, um gene que afete as células pigmentares acaba, de forma anômala também afetando os olhos.
Os problemas mais comumente observados são
- pupilas de formato irregular
- subluxação de pupilas (pupilas não centralizadas)
- microftalmia (olhos muito pequenos e não centralizados)
- aumento da pressão intraocular
- ametropia (falha na refração ocular que dificulta a nitidez da imagem na retina)
- coloboma (presença de uma fenda em alguma estrutura do olho como iris, pálpebra, retina, nervo óptico e coróide)

neonato de chihuahua de pelagem merle com má formação de olhos e caixa craniana incompleta

coloboma em cadela merle homozigoto vermelha 

cão merle vermelho homozigoto com má formação congênita do globo ocular esquerdo e ausência do direito 


neonato de cão de pelagem merle com má formação 
fonte: www.pinterest.com


A pergunta é: vale a pena o risco ? vale a pena ver tantos exemplos de cães com problemas sérios de saúde, cegos e surdos apenas pelo prazer de se conseguir uma animal diferente ? Até que ponto a ganância dará lugar a uma postura mais ética visando o bem estar e a geração de cães saudáveis ?

Espero que o texto faça muitos refletirem antes de cruzar seus cães ou de quererem comprar um filhotinho lindo e  exótico e patrocinar a formação de outros tantos que ninguém divulga. Fica aqui o meu recado.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

MEU PET, MINHA FAMÍLIA



Nesse mês de fevereiro tivemos a oportunidade de participar de um ensaio fotográfico com o tema Meu Pet, Minha Família.

Com o auxílio do handler e amigo Caio Freitas e com a participação dos pintados Bru e Nikolas e das chinesinhas Charlotte, Carlota e Dorothea, tivemos uma tarde delíciosa e divertida eternizada nas lentes da fotógrafa Rossana Lima.

Não dava pra deixar de mostrar pra vocês este trabalho lindo que tivemos o prazer de participar.














E ai gostaram ? O que vocês acharam ? Quer poder eternizar o amor pelo seu pet também ? 
Dá uma ligada ou manda um e-mail para 



sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

ICARO


A dor acabou. Agora tudo que me resta é saudade e uma vontade infinita de poder abraça-lo novamente. Te amo meu filho, sempre vou te amar.
Hoje o céu estará em festa para recebe-lo.
Não há palavras para descrever o quanto você marcou minha vida e tudo que sempre significará para mim.
Descanse em paz meu amor. Corra livre novamente!

* Icaro (David of Lipvictory) - 2004 - 2017

sábado, 4 de fevereiro de 2017

DIROFILARIOSE - VERME DO CORAÇÃO



Como já expliquei anteriormente, o a dirofilariose é um doença causada por um helminto a Dirofilaria.

Para quem não se lembra clique AQUI para ver o ciclo detalhado da  doença

Nos últimos seis meses, tenho ficado extremamente assustada com o número crescente de animais que estão apresentando a Dirofilaria ou na sua forma larvar (microfilária) ou na forma adulta.
Atendendo a alguns pedidos vou tentar resumir como podemos identificar o problema e como proceder.

Como a doença permanece assintomática por muito tempo, a melhor forma de se diagnosticar é através do exame de sangue.
Surgiu então a seguinte pergunta: "qual exame devo fazer? "

A resposta é - depende do que você quer procurar!
Vou tentar explicar melhor.
Existe um teste muito simples, chamado "teste de knott" onde é possível se verificar a presença ou ausência de microfilarias na corrente sanguínea. Muitos laboratórios só realizam este teste quando feita requisição especifica do veterinário, alguns entretanto, o fazem sempre que processam o sangue pra determinação do hemograma.
Este teste, entretanto não tem como determinar se a infecção é recente ou se este animal vem sendo reinfectado a meses, ou seja, não determina se este cão também é portador da forma adulta (muito mais letal).

Se existe a suspeita de termos a Dirofilaria já instalada no coração e nos pulmões a melhor escolha e realizar um teste sorológico para detecção de antigenos de Dirofilaria.
Os testes que medem anticorpos apesar de bastante eficazes apenas indicam que aquele paciente já teve a doença. Não há como diferenciar quem acabou de ficar doente daquele que adoeceu ano passado e que já se encontra curado.
O teste para Antigeno é simples, rápido e bastante eficaz (alta sensibilidade e alta especificidade). Uma vez detectado o verme adulto é necessário que se inicie imediatamente o tratamento. Nunca realize um tratamento sem o acompanhamento de um veterinário, a doença tem cura mas é grave e não deve ser negligenciada. Se o animal portador for idoso ou apresentar alguma sintomatologia cardíaca é de grande importância que se realize um ecocardiograma para averiguar com mais detalhes as condições do paciente e a extensão do problema.

A eliminação dos vermes adultos que já se instalaram no coração deve ocorrer de forma lenta pois a morte de muitos parasitas ao mesmo tempo pode levar a morte do hospedeiro por embolia ou parada cardíaca! Por isso é importante sempre seguir o protocolo prescrito pelo seu veterinário!

Uma vez realizado o tratamento completo, um novo ecocardiograma deverá ser realizado para verificar se realmente todos os vermes foram eliminados. O teste sorológico só ficará negativo 6 meses após o término do tratamento (ou seja, 6 meses após o ultimo verme ter sido eliminado do organismo do cão). Isto ocorre porque mesmo após sua morte, é possivel que "resíduos" deste verme ainda permaneçam no cão podendo levar a um falso positivo.

Se o seu cão é negativo o melhor a se fazer é o tratamento preventivo. Nunca realize nenhum tipo de tratamento sem antes testar seu animal e sem o acompanhamento de um veterinário!


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

POSSE RESPONSÁVEL - DEFENDA ESSA IDÉIA!


Toda cão, não importa cor, raça, sexo, tamanho merece ser amado e respeitado!
Em prol de mais ética na cinofilia e de mais responsabilidade aos animais.
COMPARTILHE ESTA IDÉIA.

domingo, 1 de janeiro de 2017

RETROSPECTIVA 2016

ADEUS 2016 ... 

Seja bem vindo 2017 !!
2016 foi ano complicado, o país passando por uma crise, na minha vida pessoal tive duas grandes perdas mas minhas crianças de 4 patas me trouxeram muitas alegrias.
Estreamos com o pé direito (ou será que seria melhor dizer com a pata direita ? ) nas pistas brasileiras com a raça cão de crista chinês.


Logo no comecinho do ano minha neguinha maluca tão amada, Zafira Black, conquistou o titulo de campeã brasileira.


Wasabi (Anna Sky Kennel Vasabi), com sua alegria contagiante posou de Global no programa do Marcio Garcia e brilhou nas pistas conquistando os títulos de "Campeão Brasileiro" e "Campeão Panamericano".


Carlota (HL Carlota of Avalon Land) foi a poucas exposições mas conseguiu o Titulo de "Campeã Brasileira".

Cookie (Pp Cookie of Avalon Land) também fez sua estréia, juntamente com seu proprietario, Itamar, e conseguiu fechar o campeonato Brasileiro.


Derek fez uma rápida aparição, esbanjando charme e fechou o Jovem Campeonato. Um pequeno ensaio para que em breve possa voltar com tudo, como adulto, na classe aberta.


Minha anjinha (Hl Angel of Avalon Land) chegou devagar, um pouco timida no início mas arrebatou corações e me encheu de orgulho. Minha menina ficou em segundo lugar no ranking Dog Show e consagrou-se como Campeã Brasileira, Grande Campeã Brasileira e Campeã Panamericana.

Definitivamente estou muito feliz com os resultados conquistados: 06 chineses em pista, dos quais 4 eu tive o prazer de ver nascer, me faz acreditar que estamos no caminho certo.  Sim, 2016 foi um grande ano e tenho muito para agradecer.

Obrigada Zafira, Wasabi, Angel, Carlota e Derek, afinal vocês são as verdadeiras estrelas deste show. Amo demais vocês.
Obrigada a todos que me ajudaram durante esta trajetória pelo carinho, dicas, ensinamentos e principalmente pela confiança.
Que 2017 chegue junto com muitas alegrias à todos os meus verdadeiros amigos (humanos e caninos, rsrs ).
Feliz Ano Novo!!!

domingo, 4 de dezembro de 2016

MITOS X VERDADES


Pequeno recado a criadores, proprietários e colegas veterinários. 


Por favor usem um pouco mais de bom senso e discernimento antes de ser taxativo em um diagnóstico. Ao contrario do q muitos pensam o fato de um cão ser um bulldogue (francês ou inglês principalmente) não significa que ele tenha demodicose e q irá ser um animal doente e problemático até o final da vida. 


O fato de um cão ser um dálmata não significa q terá problemas de pele e que irá morrer rápido de infecção urinária!!!! 


Sou criadora de dálmatas a 15 anos e até hoje nenhum dos meus cães morreu por problema renal e nem passou a vida fazendo tratamento para pele. Muitas vezes o única tratamento necessário para melhorar a pelagem é reduzir o numero de banhos e parar de encher o animal de perfumes. 


Como veterinária, hoje presto atendimento veterinário a 3 canis da raça bulldogue francês e cada dia fico mais chocada com a quantidade de absurdos que se faz com cães desta raça, Já vi cães q pelo simples fato de terem se arranhado brincando no quintal já deixarem de ser vacinados porque tem demodicose! Bom senso por favor !!! 


Alergias e pequenos problemas de pelagem são comuns na infância devido a baixa imunológica temporária ocasionada por fatores como: desmame, troca de ambiente, verminoses, vacinação. Não vamos confundir uma baixa imunológica com sarna e nem com deficiência imunológica congênita. 

Sendo assim caros colegas de profissão vamos estudar um pouco mais antes de espalhar pânico e caros proprietários antes de pensar em sacrificar seu animal ou de submete-lo a tratamentos cruéis e debilitantes procure a opinião de um profissional experiente q tenha conhecimento sobre as raças em questão. 

Fica aqui meu conselho e desabafo.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

VACINAÇÃO DE FILHOTES DE CÃES



Muita gente me pergunta como deve ser feita a vacinação dos filhotes. Quais vacinas são importantes e quando devem ser feitas?

Existem vários protocolos que podem ser instituídos a critério do Médico Veterinário. Vou descrever aqui o que considero mais recomendável e que costumo utilizar em meus cães e em meus pacientes.

Ao nascer, nas primeiras 48h de vida, o neonato não é capaz de digerir proteínas e é imprescindível que neste período ele faça a ingestão do colostro materno que é rico em anticorpos. Os anticorpos adquiridos do colostro e durante o período pré-natal irão manter este filhote imunizados contra várias patologias durante um período de no máximo 50-60 dias.

Após este tempo é necessário que o mesmo comece a desenvolver seus próprios anticorpos e para tanto é imprescindível que seja levado ao um veterinário para ser examinado e receber a primeira dose de vacina.
Apenas animais saudáveis poderão ser vacinados!

Ao completar 4 semanas é aconselhável que seja feita a primeira vermifugação da mãe e dos filhotes. Deve-se utilizar um vermífugo de amplo espectro de ação mas que seja compatível com a idade deste filhote. Lembre-se que nem todos os medicamentos que usamos em cães adultos podem ser utilizados com segurança em filhotes, logo consulte sempre um veterinário de sua confiança antes.
Esta  vermifugação deverá ser repetida após 10 dias. Uma vez que esteja livre de parasitas o filhote estará pronto para próxima etapa: as vacinas.

A vacina óctupla ou déctupla considero a mais importante pois irá conferir imunidade contra doenças graves e muitas vezes letais como a parvovirose, cinomose e leptospirose. No primeiro ano de vida deverão ser feitas 3 doses com o intervalo de 21 dias.

A vacina contra gripe ou pneumodog confere imunidade contra doenças do trato respiratório. Faço sempre duas doses, com intervalo de 21 dias e depois um reforço anual.

A ultima vacina que considero obrigatória é a anti-rábica que deverá ser feita anualmente.

A vacina contra giárdia apesar de recomendada por alguns veterinários não é obrigatória e não costumo utilizar nos meus cães e nem nos meus pacientes.

A vacina contra leishmaniose é importante nas regiões onde a doença é observada mas só pode ser feita a partir de 6 meses e necessita exame sorológico prévio, comprovando que o animal não é portador da patologia antes de ser feita a primeira vacinação. No primeiro ano devem ser feitas 3 doses com intervalo de 21 dias. Nos anos seguintes basta uma dose de reforço.

Por serem consideradas zoonoses, ou seja, doenças transmissíveis para os seres humanos, o Ministério da Saúde instituiu como obrigatórias as vacinas contra raiva e leptospirose em cães. Não sendo permitida a circulação de animais que não estejam devidamente imunizados contra estas doenças.
As vacinas feitas em campanhas por não serem aplicadas por médicos veterinários não tem valor legal e não permite que este animal frequente exposições, concursos ou realize viagens terrestres ou aéreas.

IDADE
VACINA
DOSE
4 semanas

7 semanas
puppy (v3)

Múltipla (v8 ou v10)
dose única

1a dose



10 semanas
Múltipla (v8 ou v10)
2a dose

Pneumo
1a dose



13 semanas
Múltipla (v8 ou v10)
3a dose

Pneumo
2a dose



16 semanas
Anti-rábica
Dose única



5 meses
Leishmaniose
3 doses com intervalo de 21 dias

obs - de acordo com a legislação atual antes de ser realizada a vacinação contra leishmaniose é obrigatório a realização de exame sorológico comprovando que o animal não é portador da doença.

Vacinar é um ato de amor ! Quem ama cuida! Proteja seu filhote e sua família!

sábado, 1 de outubro de 2016

FILHOTES DE DÁLMATA - NINHADA U


Sempre me surpreendo de ver como estas crianças crescem rápido. Apesar do tamanho os bebês que estão com apenas dois meses de idade já estão prontos para irem para seus novos lares e levar alegria e diversão para sua futura família. 
Eles são filhos da Penelópe e do Théo e já tomaram duas doses da vacina múltipla e uma dose da vacina contra doenças pulmonares. Seguem algumas fotos atuais dos bebês


UTHER BALOO




UZOCHI 




UNIQUA 



Mais infotmações sobre nossos filhotes lique ou mande um zap para (21)99922 9549