.

.
Dálmatas e Chinese Crested Dog

sábado, 4 de fevereiro de 2017

DIROFILARIOSE - VERME DO CORAÇÃO



Como já expliquei anteriormente, o a dirofilariose é um doença causada por um helminto a Dirofilaria.

Para quem não se lembra clique AQUI para ver o ciclo detalhado da  doença

Nos últimos seis meses, tenho ficado extremamente assustada com o número crescente de animais que estão apresentando a Dirofilaria ou na sua forma larvar (microfilária) ou na forma adulta.
Atendendo a alguns pedidos vou tentar resumir como podemos identificar o problema e como proceder.

Como a doença permanece assintomática por muito tempo, a melhor forma de se diagnosticar é através do exame de sangue.
Surgiu então a seguinte pergunta: "qual exame devo fazer? "

A resposta é - depende do que você quer procurar!
Vou tentar explicar melhor.
Existe um teste muito simples, chamado "teste de knott" onde é possível se verificar a presença ou ausência de microfilarias na corrente sanguínea. Muitos laboratórios só realizam este teste quando feita requisição especifica do veterinário, alguns entretanto, o fazem sempre que processam o sangue pra determinação do hemograma.
Este teste, entretanto não tem como determinar se a infecção é recente ou se este animal vem sendo reinfectado a meses, ou seja, não determina se este cão também é portador da forma adulta (muito mais letal).

Se existe a suspeita de termos a Dirofilaria já instalada no coração e nos pulmões a melhor escolha e realizar um teste sorológico para detecção de antigenos de Dirofilaria.
Os testes que medem anticorpos apesar de bastante eficazes apenas indicam que aquele paciente já teve a doença. Não há como diferenciar quem acabou de ficar doente daquele que adoeceu ano passado e que já se encontra curado.
O teste para Antigeno é simples, rápido e bastante eficaz (alta sensibilidade e alta especificidade). Uma vez detectado o verme adulto é necessário que se inicie imediatamente o tratamento. Nunca realize um tratamento sem o acompanhamento de um veterinário, a doença tem cura mas é grave e não deve ser negligenciada. Se o animal portador for idoso ou apresentar alguma sintomatologia cardíaca é de grande importância que se realize um ecocardiograma para averiguar com mais detalhes as condições do paciente e a extensão do problema.

A eliminação dos vermes adultos que já se instalaram no coração deve ocorrer de forma lenta pois a morte de muitos parasitas ao mesmo tempo pode levar a morte do hospedeiro por embolia ou parada cardíaca! Por isso é importante sempre seguir o protocolo prescrito pelo seu veterinário!

Uma vez realizado o tratamento completo, um novo ecocardiograma deverá ser realizado para verificar se realmente todos os vermes foram eliminados. O teste sorológico só ficará negativo 6 meses após o término do tratamento (ou seja, 6 meses após o ultimo verme ter sido eliminado do organismo do cão). Isto ocorre porque mesmo após sua morte, é possivel que "resíduos" deste verme ainda permaneçam no cão podendo levar a um falso positivo.

Se o seu cão é negativo o melhor a se fazer é o tratamento preventivo. Nunca realize nenhum tipo de tratamento sem antes testar seu animal e sem o acompanhamento de um veterinário!


Nenhum comentário:

Postar um comentário