.

.
Dálmatas e Chinese Crested Dog

quinta-feira, 30 de maio de 2013

sexta-feira, 24 de maio de 2013

UM CÃO MUITO ESPECIAL

Fiquei encantada com este vídeo e não podia deixar de postá-lo.

Amos é um cãozinho da raça Chinese Crested Dog e ajuda sua dona a "ouvir" o mundo. Sua proprietária tem problemas auditivos e ele é seus ouvidos.

Muitos podem acha-los feios mas este animalzinho com toda certeza mudou a vida de uma pessoa - é uma criaturinha muito mas muito especial.




sexta-feira, 10 de maio de 2013

PEDIGREES



O que é um pedigree? 

Para que serve? 


O pedigree é um documento extremamente importante. Neste documento além do nome do animal e do canil de origem constam as seguintes informações:
-nome do criador
-nome do proprietário do animal
-data de nascimento
-número de registro
-código do kennel club onde foi feito o registro,
-número do microchip (quando houver),
-nomes e títulos dos pais, avós e bisavós.


Na maioria dos países há um órgão (Kennel Club)  responsável que emite o documento. Estes órgãos são filiados ao FCI (Federação Cinológica Internacional) com sede na Bélgica. Esses clubes mantem os registros de nascimentos - semelhante a um cartório cm nossos registros de nascimento. Tais registros permitem a possibilidade de pesquisa do histórico familiar do cão.


Somente através deste documento é possível se saber com segurança quem são os parentes deste animal. É com base na sua árvore genealógica e nas características morfo-fisiológicas do animal que um criador sério irá decidir se um determinado animal deverá ser ou não usado para reprodução. Através da avaliação do grau de parentesco entre dois animais é que se determina a viabilidade da cruza de um determinado casal.
Nenhum canil sério, que ame verdadeiramente seus cães e a raça que cria venderá animais sem registro.

Alguns sites cadastram os registros destes cães e facilitam a pesquisa e consulta sobre os antepassados deste animal.


Quem quiser conferir clique aqui 



Confesso que gostaria muito descobrir de onde veio a lenda de que cachorro com pedigree é caro pois o registro é caríssimo. Ouvi estes dias de uma "dita criadora" (coitada não tinha ideia de com quem estava falando) de que só registrava quando o cliente pedia pois afinal o registro de cada filhote custava mais de 500 reais! Acho que o clube que ela está afiliada tem um valor diferenciado para ela - imagine uma ninhada de 10 filhotes ia custar só 5mil para registrar!!!!!! Ao meu ver este valor e o que ela deve pagar para comprar um pedigree falsificado pois não consigo encontrar outra explicação para tamanho absurdo.
O triste é pensar que muitas pessoas acreditam nesta historinha de conto de fadas e aceitam comprar cães sem registro para economizar.
Um "criador" que se propõe a divulgar tamanha mentira o que mais não deve fazer para ganhar dinheiro as custas dos pobres animais e as custas de pessoas de boa fé que não enxergam toda trama que existe por trás.
O que aumenta o preço de um filhote é a forma como ele é criado e não o seu registro.
Ao comprar animais "baratos" e sem registro você estará contribuindo para a destruição da raça e para o comércio irresponsável de animais. Pense nisto.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

CRUZAR OU NÃO CRUZAR ?

Bruna of Avalon Land e filhotes
foto: M. Baptista

Constantemente sou procurada e indagada por pessoas que desejam cruzar suas cadelas pois sonham em ter bebezinhos em casa. Recentemente uma pessoa implorou para ajudá-la a achar um "marido" para sua cadela pois "sua cadela sonhava em ser mãe" e segundo ela "a pobrezinha sentia-se frustada por nunca ter namorado".

Helloooo!
Como assim frustada?
As vezes acho que vivo num universo paralelo - rsrs.
Tudo bem que os cães conseguem expressar seus sentimentos e suas vontades com gestos e um bom dono consegue identificar quando seu companheiro está com algum problema, mas daí a achar que consegue compreender os sonhos e frustrações de um cão ?

Cães são cães, devem ser amados e respeitados mas não devem ser confundidos com seres humanos!

Ter filhotinhos dentro de casa é uma delícia. Eles são engraçados, alegres e apaixonantes. Porém eles também latem, fazem xixi e cocô em qualquer lugar, choram, roem coisas, entornam a água e a comida e precisam de MUITA atenção e cuidados, além é claro de acompanhamento veterinário e uma alimentação de boa qualidade. Se ainda acha pouco, lembre-se que a mãe também  irá precisar de cuidados veterinários e acompanhamento gestacional, de suplementos vitamínicos específicos durante a gestação e amamentação, e de um local limpo e seguro onde possa parir e amamentar seus filhotes.
Apesar de dálmatas serem ótimas mães não se pode excluir a possibilidade dela não ter um parto normal e necessitar de uma cirurgia cesariana de emergência.

Ao contrário do que se imagina quem cria com responsabilidade não visa lucros, visa apenas cobrir seus custos com a criação.

Outro ponto que considero polêmico é a questão do pedigree.
Já perdi a conta de quantas pessoas me ligaram falando - "ela não tem pedigree mas é tão bonitinha" ou então "não tem pedigree mas tenho certeza que é pura"
Como assim tem certeza? Conhece os pais, os avós e bisavós?  Se souber menos q isso eu já não tenho como acreditar que seja verdade.
Há alguns anos atrás adotei um filhote de "labraweiller" (como era carinhosamente chamado pelo veterinários dele). Era um cão lindo, de pelagem amarela-dourada que passava facilmente por um labrador puro. Cheguei a ser questionada de por que não "tirava o pedigree" dele. Como assim tirar o pedigree de um mestiço ? Ele era filho de um labrador com uma cadela rottweiler!!!!!!!

Se o seu cão ou sua cadela não tem registro POR FAVOR CASTRE - NÃO PERMITA QUE ELE(A) CRUZE E TENHA FILHOTES!
Os abrigos estão repletos de cães sem raça definida abandonados precisando quem os ame, não contribua para que isso aumente.
A castração traz uma série de vantagens que já foram discutidas anteriormente neste blog.

REPRODUÇÃO É COISA SÉRIA!