.

.
Dálmatas e Chinese Crested Dog

sábado, 30 de julho de 2011

FILHOTES DE DALMATA

Brincadeiras num sábado de sol !


Meu pequeno e alegre Kauã

Kauã e seu irmão Klaus

Kauã  - Oba ! brinquedos ! Também quero brincar com a estrela ...
Klaus e sua estrela amarela ....

Klaus - " nada como dar uma corrida para aquecer ...."

 Esse osso também é bem divertido ...

segunda-feira, 25 de julho de 2011

EXPOSIÇÃO SUL FLUMINENSE KC

Desta vez quem brilhou nas pistas foi a nossa querida Bruna.

Ela ganhou 03 CAC, 01 CACIB  e um CACPAB no sábado, na exposição do Sul Fluminense Kennel Club, na cidade de Volta Redonda, RJ.

Parabéns Bru!

E meu muito obrigada aos amigos do Canil Dicar por terem me ajudado a apresentá-la.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

FELIZ DIA DO AMIGO !!!!

Foto - Crystal e Brida (by M. Baptista)


Algumas vezes na vida,
Você acha um amigo especial
Alguém que muda a sua vida
Apenas por fazer parte dela
Alguém que faça você rir
Até não poder mais
Alguém que faça você acreditar
Que realmente existe o bem no mundo
Alguém que te convença de que realmente existe uma porta destrancada
Apenas esperando que a abramos
Esta é uma Amizade Eterna
Quando você está para baixo
E o mundo parece escuro e vazio
Seu Amigo Eterno levanta o seu astral
E faz daquele mundo escuro e vazio
Parecer de repente cheio e brilhante
Seu Amigo Eterno enfrenta
Os tempos duros e tristes
Se você resolve retornar
Seu Amigo Eterno te segue
Se você perder o seu caminho
Seu Amigo Eterno te guia
E te alegra.
Seu Amigo Eterno segura a sua mão
E diz que tudo vai ficar bem
Se você achar este tipo de amigo
Você se sente feliz e completo
Porque você não precisa se preocupar
Você tem um Amigo Eterno na Vida
E o Eterno não tem FIM!!!

sexta-feira, 15 de julho de 2011

FILHOTES DE DÁLMATA



video

Estes dois pintadinhos são o Lestat e Logan.
Ambos são filhos da Rayra e do Icaro (irmãos da nossa campeã Ilka).


domingo, 10 de julho de 2011

EXPOSIÇÃO KCFLU





Nossa querida Ilka of Avalon Land  fez sua estreia hoje nas pistas no KCFLU na classe jovem e ganhou 3 CCJ,  foi 3 vezes melhor da raça e segunda melhor do grupo.



Ilka , que agora atende pelo nome de "Milka" é filha da Rayra e do Icaro.


Parabéns Alessandra, essa menina esta cada dia mais bonita !

terça-feira, 5 de julho de 2011

EXAME ANDROLÓGICO EM CÃES


A realização de exame andrológico é uma ferramenta importante que ainda é pouco utilizada em cães mas de grande utilidade na seleção de reprodutores.

É indicado na puberdade, antes do início da vida reprodutiva e em exames de compra e venda.

É muito importante uma anamnese e um histórico detalhado do animal a ser avaliado, partindo de todos os problemas de saúde que o animal tenha apresentado, mesmo os que teoricamente não interferem diretamente no desempenho reprodutivo.


Doenças de outros órgãos e sistemas podem secundariamente afetar o trato reprodutor de forma direta (i.e. neoplasias) e/ou indireta por alteração nos padrões de secreções hormonais.

Deve-se considerar ainda traumas diversos e doenças sistêmicas.
Deve ser solicitado exame para brucelose e de outras doenças sexualmente transmissíveis.

BOLSA ESCROTAL
Deve ser esparsamente recoberta de pêlos, apresentar espessura uniforme, ser relativamente fina e macia ao toque e apresentar-se móvel em relação ao testículo. O animal não deve apresentar dor à palpação

TESTÍCULOS
O criptorquidismo é uma doença hereditária autossômica ligada os sexo. Cães criptorquidas ou com testículos ectópicos devem ser retirados da reprodução. Em cães 70% dos casos ocorre no lado direito.
A dor à palpação sugere orquite aguda ou torção, especialmente se o testículo estiver aumentado de volume. Além disso, deve ter consistência firme (semelhante à de bíceps semiflexionado) e não ser duro à palpação. Uma consistência macia ou pastosa sugere degeneração testicular, enquanto uma consistência endurecida sugere neoplasia ou orquite.
Orquite é uma inflamação no testículo. Processos infecciosos, especialmente os agudos, levam a uma elevação da temperatura e a morte das células germinativas. Inicialmente haverá apenas morte dos espermatozóides já formados mas se o problema não for resolvido muito rapidamente as células produtoras de espermatozóides começam a sofrer alterações e o animal ficará infértil. Outros processos que também ocasionam inflamação na região testicular, como esfoliação da bolsa escrotal por exemplo, também pode levar a infertilidade.
A degeneração testicular é uma causa muito frequente de infertilidade em cães (cerca de 80% dos casos). A patologia consiste na destruição do tecido testicular, especialmente as células dos túbulos seminíferos.
As causas são bastante variadas e incluem: criptorquidismo (testículo localizado fora da bolsa escrotal), orquites infecciosas e/ou traumáticas, lesões vasculares, obstruções dos túbulos seminíferos e problemas hormonais Tumores testiculares são comuns em cães apesar de raros em outras espécies domésticas.

EPIDIDIMO E CORDÃO ESPERMÁTICO
O epidídimo é fixado dorsolateralmente à superfície do testículo, com a cabeça e a cauda localizadas nos pólos cranial e caudal respectivamente. O epidídimo e o cordão espermático devem ser palpados para observar prováveis áreas de espessamento ou aumento de volume.

PÊNIS E PREPÚCIO
Devemos nos preocupar com descargas purulentas, sangue ou urina. O pênis deve ser facilmente removido do prepúcio e completamente exposto. O prepúcio deve ser tracionado caudalmente e o bulbo da glande exposto. Quando há falha na exposição do pênis, devemos suspeitar de estreitamento do óstio prepúcial (fimose) ou aderência entre o pênis e prepúcio.
Depois de exposto, o pênis deve ser totalmente avaliado para a presença de inflamações, hematomas, trauma, fraturas, corpos estranhos ou massas tumorais. A mucosa peniana deve ser rósea clara, fina e indolor ao toque. O pênis deve ser palpado para tamanho e conformação.

PRÓSTATA
A glândula prostática é a única glândula acessória em cães. A presença de tamanho e consistência anormais, assimetria entre lobos ou dor à palpação suporta a presença de disfunção prostática e indica a necessidade de um diagnóstico complementar para a avaliação da glândula.
Dentre as espécies domésticas os cães são os que mais apresentam neoplasias prostáticas. O tumor de próstata mais comumente observado é o adenocarcinoma prostático. É um tumor maligno, metastático e bastante invasivo. Metástases podem ser observadas em vértebras e pulmões. É uma doença grave e muito debilitante. Entre os sintomas mais comuns tem-se: emagrecimento, hematúria (sangue na urina), dificuldade para urinar e defecar, dor abdominal. O exame ultrassonográfico irá indicar um aumento de volume da glândula e contorno irregular. A biópsia e exame histopatológicos são essenciais para confirmação do diagnóstico.

AVALIAÇÃO DO SEMEN
A análise do sêmen deve ser incluída na avaliação andrológica para detectar possíveis problemas de infertilidade ou sub-fertilidade, além de fazer parte da rotina pré-cobertura ou inseminação em cães.

FILHOTES DE BULLDOG FRANCES

A nossa amiga e parceira do Canil Nobile Cuore está com lindos filhotinhos a venda.

Este rapazinho cheio de pose é o Dante, ele nasceu em 05/março. É um garoto esperto e alegre esta a procura de uma família ...

Este bebezinho de apenas 30 dias  é o Fellipe. Dá para resistir a esta carinha ?

Quem quiser saber mais sobre esta raça alegre e de cara engraçada é so clicar aqui

domingo, 3 de julho de 2011

FENDA PALATINA

Os defeitos congênitos no palato de pequeno de animais são pouco comuns sendo observados com maior frequência em cães do que em gatos., especialmente nas raças braquicefálicas (ex. bulldogs, dogue de bordeaus, boxer, etc)

cadela da raça bulldog inglês com fenda lábial
(fonte - HETTE & RAHAL, 2004 - Rev.Clin.Vet 50)

Estas má-formações podem acometer o palato primario, o palato secundário ou ambos.  As fendas palatinas primárias são aquelas localizadas cranialment ao forame incisivo e envolvem o lábio, enquanto as fendas secundárias ocorrrem caudalmente ao forame incisivo. As fendas do palato primário incluem o lábio fendido (lábio leporino = queilosquise), processo alveolar fendido (alveolosquise) ou ambos (alveoqueilosquise).

neonato com fenda completa de palato secundário na linha média
(foto: Dra. M. Baptista)

A fenda do tipo secundária apresenta-se como um defeito da fusão longitudinal de diferentes comprimentos e pode afetar o osso e a mucosa da linha média no palato mole.

Entre as possíveis causas teremos :
- fatores hereditários
- deficiências nutricionais
- excesso de vitamina A e D
- alguns medicamentos
- terapias com corticósteróides
- plantas tóxicas teratogênicas
- fatores emocionais , estresse
- toxoplasmose (Toxoplasma gondii)

Alguns estudos indicam que a suplementação com ácido fólico durante a gravidez reduz em 76% a incidência de fendas no palato.

Os sintomas do problema são observados logo após o nascimento. O filhote tem dificuldade de mamar e torna-se mais fraco e magro que os demais. Observa-se com frequencia a saída de leite pelas narinas devido a aspiração durante o ato de mamar.
O diagnóstico é simples e feito pela simples inspeção da cavidade oral.

Tratamento
O tratamento é cirúrgico e só pode ser reallizado após o filhote completar dois meses de idade.
Para evitar a aspiração e pneumonias o filhote deverá se alimentado por sonda até a realização da cirurgia. Os casos mais graves são difíceis de serem tratados e com frequência o animal acaba indo a óbito por falta de nutrientes ou devido a pneumonia por aspiração.
As fendas labiais são mais simples e fáceis de serem corrigidas. As fendas de palato secundário são sempre muito graves e a intervenção cirurgica mais complicada.

FILHOTE DE DALMATA - LESTAT OF AVALON LAND

video

Este bebê simpático e brincalhão chama-se Lestat. Ele é filho da Rayra e do Icaro