.

.
Dálmatas e Chinese Crested Dog

segunda-feira, 25 de março de 2013

domingo, 24 de março de 2013

CHINESE CRESTED DOG (CÃO DE CRISTA CHINÊS)

O cão de crista chinês (Chinese Crested Dog) é um animal de pequeno porte (cerca de 25cm de altura), dócil, gentil, alegre  e carinhoso, que gostam muito de colo e se relacionam muito bem com pessoas, crianças e outros animais.
Estes cães adoram a companhia da família e que fazem tudo para agradar seus donos, são portanto excelentes cães de companhia.




Existem duas variedades: o pelado (hairless) e os peludos (powder puffs).
Os olhos devem ser tão escuros que pareçam pretos. Todas as cores e combinações de cores são permitidas. São cães leves (pesam em geral de 3 a 6 kg), de aparência um pouco frágil, esguios e musculosos. Em uma mesma ninhada é possível se observar cães "peludos" e "pelados". 
O gene que está relacionado a falta de pêlos também está ligada a falta de dentes e por isso os cães "hairless" sempre apresentam dentição incompleta.  Deste modo deve-se evitar o cruzamento de várias gerações seguidas de cães hairless, um estudo criterioso deve ser realizado para se definir qual o melhor acasalamento e em quais situações um puff é essencial. A cruza, contudo, de dois exemplares powder puff irá gerar uma ninhada inteira de cães "peludos".




Chineses Crested Dogs- variedade Hairless 
(fotos- M. Baptista)








 
Chinese Crested Dog - variedade Powder Puff
fonte - internet / google )

É uma raça bastante rústica, que requer poucos cuidados e que não adoece com facilidade. O principal cuidado com a raça é com relação ao sol. Por terem a pele muito exposta, eles podem ter queimaduras de sol e precisam usar filtro solar, especialmente os exemplares mais despigmentados. 

Os chineses tem um temperamento carinhoso e divertido. Eles gostam de saltitar e "sapatear" quando estão alegres e muitas pessoas acham que se assemelham a potrinhos correndo e saltitando pela casa. 

A aparência exótica  dos hairless faz com que dificilmente passem desapercebidos, alguns acham lindos outros acham feios mas uma coisa é fato eles sempre cativam quem convive com eles. É impossível não se apaixonar pelo seu jeito alegre e doce. 

A origem da raça é um pouco controversa. Há quem acredite que tenham se originado na Africa e tenham sido levados pelos chineses nos navios para caçar ratos. Como os chineses foram os responsáveis pela dispersão e divulgação da raça pelo mundo alguns acreditam que seja originária deste país. Sabe-se  contudo que pertenceram a famílias da Dinastia Han (206 a.C. - 220 d.C). Há registros da raça desde o século XVIII na Europa e nas Américas. Apesar de ser uma raça muito antiga, só foi reconhecida pela AKC (American Kennel Club) em 1991.

Ainda é uma raça pouco popular no Brasil, mas que vem ganhando espaço nas exposições e competições de agility nos últimos anos. 




sábado, 16 de março de 2013

DIGA NÃO A CRUELDADE CONTRA ANIMAIS !

Infelizmente ainda me surpreendo e muito me entristeço com algumas pessoas que se dizem "criadores". 

Crio cães a mais de 10 anos e fico muito indignada quando vejo uma situação como esta. Com o único intuito de obter lucro sem a minima consideração pelos animais um criador de Piedade, São Paulo, transforma cadelas em máquinas  de produzir filhotes. Estas pobres cadelas são utilizadas até sua exaustão e depois abandonadas, sem água e comida, para que morram, vítimas do comércio irresponsável de animais.



As cadelas das fotos foram resgatadas pela protetora Marcela Rhode Abade e hoje estão sob tratamento médico veterinário. Ao todo eram 10 animais e cinco ainda correm risco de vida.

Não sou contra as pessoas terem a opção de ter um cão de raça, mas tem que haver uma maior responsabilidade e fiscalização para que este tipo de situação não ocorra. 
Antes de comprar um filhotinho lembre-se que  "cães de liquidação" vendidos por preços irrisórios em feiras, pet shops ou mesmo em classificados na internet, são na sua grande maioria oriundas da exploração desumana  desdes pobres anjos peludos.

Nunca compre um filhote sem antes pesquisar a reputação do canil, tente sempre entrar em contato com o criador, quem ama a raça que cria terá um grande prazer em falar sobre seus animais, de explicar as características da raça e de mostrar com orgulho sua criação.

Exija sempre o pedigree, ele é o documento que prova que seu animal é realmente de raça pura. Um registro de pedigree não aumenta os "custos" da criação. O preço mais alto dos cães dos canis sérios são decorrentes dos gastos com alimentação de boa qualidade, cuidados veterinários com suas matrizes (inclusive com as velhinhas, já aposentadas e castradas), reprodutores e filhotes, medicamentos, higiene, enfim com um série de cuidados para garantir a boa qualidade de vida de seus animais.

Somente quando as pessoas se conscientizarem dessa realidade é que esta maldade irá acabar!

domingo, 10 de março de 2013

BEST OF YEAR

É com muita alegria e satisfação que venho comunicar que conquistamos a posição de melhor canil de dálmata do Brasil no ano de 2012, pelo ranking Dog Show

Meus sinceros agradecimentos a todos que direta ou indiretamente contribuíram para esta conquista.